10 Produtos com colágeno que impedem o envelhecimento da pele

O colágeno é um tipo de proteína sintetizada pelo tecido conjuntivo, responsável pela firmeza e elasticidade da pele. Portanto, as primeiras rugas são um sinal de que o conteúdo dessa substância diminuiu em nosso corpo. Mas é possível retardar o processo de desintegração dessa proteína com uma nutrição adequada.

No Incrível.club, adoramos cuidar da saúde e, por isso, queremos vamos compartilhar uma lista de produtos que devem estar presentes em sua dieta para prevenir o envelhecimento prematuro da pele. E, para facilitar a compreensão, primeiro explicaremos o que é colágeno.

Extraoficialmente, o colágeno é frequentemente chamado de “cola”, porque, sem ele, nosso corpo simplesmente iria se decompor

Entre 30% a 40% da proteína total do corpo corresponde ao colágeno. Ele mantém a juventude da pele, mas sua presença é mais perceptível nas unhas, nos cabelos, nas articulações e nos tecidos do intestino. No total, existem 16 tipos dessa “cola”, mas os mais comuns (90% do total) correspondem a apenas 3. O colágeno do tipo I e II está presente nos ossos, pele, tendões e ligamentos; o do tipo III aparece nas articulações.

O corpo humano é capaz de produzir por si só a quantidade necessária dessa proteína. No entanto, após os 25 anos, sua produção natural pelo organismo começa a diminuir. É durante este período que começam a surgir as primeiras rugas e, mais tarde, também pode aparecer a artrite. Agora vamos ver o que precisamos comer para evitar isso.

Caldo de carne e peixe

O caldo feito de ossos talvez seja uma das melhores opções de alimentos a serem adicionados à sua dieta, pois contém uma forma bioativa de proteína que o corpo pode começar a aproveitar imediatamente. Este prato é rico em colágeno do tipo I, responsável pela saúde da pele. Já o caldo de peru e o caldo de galinha contêm o tipo II desta proteína, que mantém o funcionamento normal das articulações. Esse caldo deveria ser tomado diariamente em porções de 170 g a 340 g, para manter a saúde do organismo.
Salmão: esse tipo de peixe contém zinco e minerais, que contribuem para a síntese de colágeno. Além disso, o alto teor de gordura ômega-3 ajuda a hidratar a pele por dentro, o que mantém por mais tempo a juventude. Recomenda-se a ingestão de 2 porções (de 115 g a 140 g) por semana.

Legumes e frutas

Os legumes e hortaliças de folhas verdes são a melhor opção na prevenção de várias doenças. Eles também podem impedir a desintegração prematura do colágeno. Todas a hortaliças verdes contêm clorofila, o que aumenta a quantidade de procolágeno na pele. Esse pigmento possui propriedades antioxidantes contra os efeitos dos raios UV e dos radicais livres, o que previne o envelhecimento precoce. A quantidade necessária de consumo diário depende da sua atividade: quanto mais você se movimentar, mais deve comer. Se se exercita mais de 30 minutos por dia, coma 3 xícaras de legumes e folhas. Se sua atividade for menor, coma até 2,5 xícaras.
Cítricos: a vitamina C encontrada nesse tipo de alimento age como um componente de ligação dos aminoácidos, que são necessários para criar a prolina. Essa é uma substância necessária para a formação do colágeno. Além disso, a vitamina C protege seu organismo contra as toxinas do meio ambiente. Para receber a quantidade necessária, consuma 2 frutas por dia.

Tomate: contém uma substância antioxidante chamada licopeno, que protege a pele dos danos causados pelo sol e estimula a síntese de colágeno. Para aproveitar melhor, tome suco de tomate, na proporção de 1 copo por dia.
Abacate: contém vitamina E, que ajuda a prevenir a degradação do colágeno no corpo. Além disso, contém gorduras úteis para as células da pele. Os especialistas recomendam comer meia fruta por dia.
As framboesas, as amoras, os mirtilos e os morangos são fontes de ácido elágico, que é necessário para o corpo evitar que o colágeno se desintegre, por causa dos efeitos dos raios UV. Essas frutinhas também contêm vitamina C. A porção a ser ingerida por dia depende da idade: um adulto (com mais de 18 anos) pode ingerir até 75 g por dia.
Ovos

Ovos: como o caldo de osso, este alimento contém colágeno puro, principalmente na gema. Eles também possuem enxofre, que é necessário para a produção da referida proteína e para a desintoxicação do fígado, por meio do qual são liberadas as toxinas que destroem o colágeno do corpo. Mas não é necessário comer muito, bastam 2 por dia.

Sementes

As sementes de abóbora são uma fonte vegetal rica em zinco, que estimula a síntese de colágeno. Os produtos que contêm esse elemento também diminuem a taxa de quebra de proteína. Além disso, o zinco ajuda a acelerar o processo de cicatrização de feridas, algo muito necessário para manter a pele saudável. A dica, aqui, é escolher sementes torradas, pois contêm substâncias mais úteis. A quantidade recomendada é de 2 colheres de sopa diariamente em uma salada ou granola caseira.
Sementes de chia: as gorduras ômega-3 de origem vegetal contidas nesse produto promovem o rejuvenescimento e a hidratação das células da derme. Por causa disso, a pele fica macia e flexível. Um adulto não deve ingerir mais do que 20 gramas de sementes por dia. Elas podem ser adicionadas aos cereais, smoothies e bolos.
Não só o alimento é importante, mas também o estilo de vida
Os produtos da lista, naturalmente, ajudarão você a manter o nível necessário de colágeno, mas vale lembrar que, além do envelhecimento, a produção de colágeno também é afetada por:

Cigarro
Ambiente contaminado
Exposição ao sol
Dieta com excesso de açúcar refinado e frituras
E você, como você mantém a saúde e a juventude de sua pele?

Foto de abertura Marco Verch / flickr, Michael / flickr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *