Dermatologista remove cravos de 50 anos de um homem. Vídeo Impressiona;

Se existe costumes estranhos, assistir vídeos de remoção de cravos e espinhas é um deles. Não conseguimos entender o porquê de isso chamar a atenção de tanta gente. Existem canais gigantescos no Youtube que trazem conteúdos deste nicho, como é o caso do canal Dr. Pimple Popper, que possui mais de 3 milhões de inscritos.

Estranho ou não, precisamos concordar que esses vídeos bombam e por isso resolvemos trazer um conteúdo voltado a um dos vídeos mais insanos a respeito de extração de cravos. Trouxemos a história de um paciente que procurou o Dr. Lalit Kasana que é um renomado médico dermatologista da India, para remover alguns cravos.

Só que não eram cravos comuns, mas sim cultivados por cerca de 50 anos. Isso mesmo que você acabou de ler, cravos de 50 anos, e o pior de tudo eles estavam em volta dos olhos. Esperamos que você não seja uma pessoa sensível e não esteja próximo de alguma refeição. E para todas as pessoas que curtem esses vídeos, deixamos um dos casos mais insanos de extração de cravos do mundo. Kasana usa dois cotonetes de algodão para espremer suavemente os cravos, uma técnica que é usada por vários outros dermatologistas. O vídeo termina depois que Kasana trata a metade do rosto do homem. A diferença entre os dois lados é dramática.

Alguns especialistas, como a psicanalista Cristiane M Maluf, afirmam que a satisfação em ver vídeos de extração de acne ou até o costume de extrair de si ou de alguém está relacionado a questões subjetivas de cada um, como libertar a ansiedade através de libertação de algo que estava preso na pele. “A maioria das pessoas vendo esses tipos de vídeos acabam aliviando uma certa ansiedade que venha a ter. Querendo ou não, ao mesmo tempo em que é um prazer, é uma dor. A dor e o prazer estão atrelados, como sendo quase um masoquismo”, explica a psicanalista.

Então se você gosta de presenciar esse tipo de coisa, saiba que é muito natural. Para muitas pode ser um gosto bem peculiar, para outros é um fascínio e nada mais. Queremos saber qual foi a sua reação diante ao vídeo, conte para nós o que achou do caso aqui nos comentários. Seu feedback é importante para nós.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading...